Ao longo do tempo, percebemos que a pediatria vem ocupando pouco espaço nos congressos e cursos de formação em Cuidados Paliativos. Como se as crianças não sofressem de doenças crônicas e não precisassem conviver com elas durante anos. Ou como se, simplesmente, elas fossem poupadas da morte. É por isso que acreditamos ser necessário ensinar Cuidados Paliativos Pediátricos a todos os profissionais da área da saúde que serão confrontados por situações que ameacem a continuidade da vida das crianças.

Os Cuidados Paliativos não são uma prática de abandono. Pelo contrário, os cuidados oferecidos podem algumas vezes ser bastante intensivos. Os Cuidados Paliativos Pediátricos podem e devem utilizar todos os tratamentos multidisciplinares à disposição e levar em consideração não só os aspectos físicos, como também espirituais, familiares, psicossociais e culturais, com o objetivo de garantir o conforto global do paciente.

Desta maneira, somos levados a uma reflexão por vezes até ingênua: por que devemos nos limitar a aplicar esse tipo de abordagem somente à fase final da vida e criar uma nova especialidade para simplesmente tratar com respeito e dignidade o ser humano?

É um estranho paradoxo, que nos remete às fantasias da onipotência das ciências médicas, alimentadas pelos programas das faculdades de medicina que se baseiam no ensino com o único objetivo de cura.

Não deveria existir uma fronteira ou linha de demarcação precisa entre o curativo e o paliativo. Há frases que não soam tão bem como “agora nós vamos nos ocupar de seu conforto”, para mostrar que passamos à fase paliativa, porque essa frase nos remete à pergunta: “por que antes não estávamos nos ocupando de seu conforto?”

A abordagem paliativa deve começar desde o diagnóstico da doença. A coexistência entre cuidados curativos e paliativos, na maneira de cuidar de crianças e adolescentes com doenças graves, cujo prognóstico pode ser a cura, a convivência com uma doença crônica ou a morte, sempre será benéfica para o paciente e para os que o cercam. Os objetivos de cuidado, centrados no binômio paciente-família, são construídos ao longo da trajetória do paciente e incluem decisões de final de vida, evitando que estas escolhas assumam um caráter trágico.

Sabemos que a morte de uma criança é um tabu em nossa sociedade. Não está em nosso poder, nem em nossa prerrogativa de ensino, resolver ou vencer esse mistério. Com esse curso, entretanto, pretendemos ensinar a cuidar da vida de crianças e  adolescentes em seu cotidiano, bem como da família durante todo o processo de adoecimento e também no luto, aliando inteligência científica, com a inteligência emocional e espiritual, sempre tendo a compaixão como base de nossas ações.

Objetivos Gerais

A missão de nosso Curso Avançado em Cuidados Paliativos Pediátricos é treinar os profissionais da área da saúde para fornecer atendimento de alta qualidade, compassivo e especializado a neonatos, crianças e adolescentes com doenças que limitam ou ameaçam a vida bem como às suas famílias. Com abordagem interdisciplinar, visamos a melhora da qualidade de vida e a dignidade de nossos pacientes, sempre respeitando preferências culturais e alinhando padrões de competência à prática baseada em evidências.

 

Objetivos Específicos

Promover habilidades de comunicação e trabalho em equipe.

Aprofundar a compreensão do papel complexo dos pais na tomada de decisão jurídica e ética relacionada a seu filho (a) doente. E dos principais aspectos éticos e jurídicos do cenário dos Cuidados Paliativos Pediátricos.

Cuidados de fim de vida.

Promover cuidado ao luto através de ações preventivas ao longo da trajetória da doença e o reconhecimento do luto não medicalizado e viabilizar a psico-educação nos diversos modos de atuação.

Educar profissionais da área da saúde para serem líderes, levando em consideração que trabalharão em diversas áreas, incluindo novos programas em desenvolvimento em Cuidados Paliativos Pediátricos.

Ensinar práticas de autocuidado, focando na necessidade de autoconhecimento e de reconhecimento de nossos limites para desenvolvermos clareza do nosso papel no cuidado do outro.

 

Os cuidados à maneira da Casa do Cuidar

O compromisso e a compaixão com que cuidamos das crianças e de suas famílias combina perfeitamente com o espírito pioneiro de descoberta e inovação da Casa do Cuidar, que nos leva a pensar de forma diferente, a encontrar respostas e a construir um amanhã melhor para todas as crianças.

Entendemos que a criança e o adolescente são seres em pleno desenvolvimento do ponto de vista físico, psicológico, social, cognitivo e espiritual e levamos muito a sério esses aspectos ao colocá-los no centro do cuidado.

 

Venha fazer parte dessa jornada transformadora!

Curso Online Síncrono (aulas ao vivo, sem gravação)

Programa do curso
5 módulos

Sextas, das 13h30 às 20h30h e sábados das 8h30 às 18h30h, de agosto a dezembro de 2021

Módulo 1: Introdução e Comunicação: 27 e 28 de agosto de 2021

Módulo 2: Especialidades: 17 e 18 de setembro de 2021

Módulo 3: Controles de Sintomas: 15 e 16 de outubro de 2021

Módulo 4: Controle de Sintomas 2: 19 e 20 de novembro de 2021

Módulo 5: Dias Finais/ Trabalhos de Conclusão de Curso: 17 e 18 de dezembro de 2021

 

Público alvo

Profissionais da área da saúde que já tenham tido contato básico com Cuidados Paliativos e que queiram se aprofundar em Cuidados Paliativos Pediátricos. Podem já trabalhar na área ou pretender trabalhar.

 

Pré-requisitos

Curso básico de Cuidados Paliativos de no mínimo 20h.
Aceitaremos o curso do Instituto Beabá (em curso) e/ou a realização do Módulo Básico de Cuidados Paliativos para formação de Cuidados Paliativos em Pediatria (21 horas). Paliativistas que queiram aprofundar os conhecimentos de cuidados paliativos pediátricos são muito bem vindos.

Os candidatos devem anexar sua carta de intenção e a comprovação de conhecimento em cuidados paliativos no ato de sua inscrição ou demonstrar disponibilidade para fazer o curso “Módulo Básico de Cuidados Paliativos para formação de Cuidados Paliativos em Pediatria“ no valor de R$ 900,00. O link para pagamento será enviado posteriormente para o seu email.

Coordenação

Ana Paula de Souza Vieira Santos

Médica anestesiologista. Mestre e Doutora pela Santa Casa de São Paulo. Seu enfoque de trabalho é no tratamento da dor e em cuidados paliativos. Possui pós-graduação em Cuidados Paliativos pelo Instituto Pallium LatinoAmerica – Avançado em pediatria. É atualmente pós-graduanda em Psiquiatria. Atua na clínica Unio – Centro de Controle de Dor e Cuidados Paliativos atendendo crianças e adultos.

Márcia Puato Vieira Pupim

Médica Pediatra Intensivista com formação em Cuidados Paliativos pela Casa do Cuidar. Área de atuação em Cuidados Paliativos Pediátricos. Membro da Equipe de TMO Pediátrico do Hospital Samaritano. Responsável pela equipe de Cuidados Paliativos Pediátricos do Hospital Samaritano. Médica Paliativista Visitadora da A Casa Humana.

Júlia Lopes Garcia

Médica onco-hematologista pediátrica com atuação em transplante de medula óssea nos hospitais Albert Einstein e ITACI. Possui pós-graduação em Cuidados Paliativos pela Casa do Cuidar (2019). Vem se dedicando nos últimos anos aos estudos e à integração da abordagem dos cuidados paliativos e da comunicação compassiva em sua prática. Pós-graduanda em Luto, Perdas e Trauma (2021).

Grupo de trabalho

Ana Paula de Souza Vieira Santos
Ângela Ikeda
Helenice Teixeira
Julia Lopes Garcia
Lilia Maria Embiruçu
Mariana Lorenzi
Márcia Pupim
Patricia Nivoloni
Sheila Lima
Jade Forechi

 

Docentes

Alexandre Silva
Ana Cláudia Caldo Finamore
Ana Claudia Quintana Arantes
Ana Paula de Souza Vieira Santos
Angela Mitiyo Ikeda
Angela Valente
Carolina Affonseca
Carolina Buff Passone
Cristiane Ferraz Prade
Debora Genezini
Denise Madureira
Eduardo Juan Troster
Erica Boldrini
Fabiana Yumi Takatuzi
Fernanda Vieira de Souza Leite
Gloria Brunetti
Helenice Alves Teixeira
Henrique Ramos Grigio
Henrique Ribeiro
Júlia Lopes Garcia
Leonardo Consolin
Lilia Maria Embiruçu
Luciana Dadalto
Marcia Araújo
Marcia Puato Vieira Pupim
Maria Augusta Gibelli
Nazaré Jacobuci
Patricia Vieira G. Nivoloni
Roberto Miguel
Sandra Santos
Sheila Lima
Simone Lehwess Mozzilli
Tereza Cristina de Senna
Vanessa Karam
Vera Rozanczyk
Vivian Bertolini Sales

 

Participação mais que especial:

Grupo Saracura
Isis Maria Ferreira
Jaqueline Tebaldi
Valentina Massens (Vavá)

Lista de interesse

As inscrições para a turma atual foram encerradas. Mas você pode deixar seu nome na lista e o avisaremos assim que abrirmos novas tumas