O meu cansaço mental causa

Dor física.

Que leva a tristeza.

Que desencadeia o medo.

 

O coração acelera, sinto falta de ar.

O corpo dói.

Ele chegou e não posso evitar.

Não escolho qual a emoção vai chegar.

 

O Medo entra sem permissão

Quando percebo já estou em posição fetal

Choro, quero colo.

 

Me permito

Respiro, acolho

Pratico a fé, a terapia

Uma esperança por dia

 

E o medo que assusta

Afasta,

Aprisiona,

Faz pensar em desistir.

 

É o mesmo medo que

Acolhe,

Faz refletir, sorrir

E florir.

Sobre o autora:

Cintia Maria
Mãe da Bela e Maria, Parceira de Albertinho.
Amante do céu e do mar, tem o riso solto e choro frouxo, adora abraçar forte e cantar alto, mesmo sendo super desafinada, vive intensamente tudo que faz sentido ser vivido.

 

8 Comentários

    • “Não escolho qual emoção vai chegar” isso é verdade! A emoção vem sem a gente esperar… já fui pra consultas super forte, alegre, rindo, parecendo que estava preparada pra qualquer coisa. Quando cheguei na consulta, chorei sem parar kkkk. E já aconteceu o contrário também. Muito bacana Cintia parabéns pela escrita 👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário